As energias renováveis ganharam muita atenção nos últimos anos, e a fonte solar se destacou entre elas! Com isso muitas pessoas começaram a se interessar mais por esse assunto, e consequentemente passaram a buscar informações para poderem fazer parte desse processo. Diante disso, as dúvidas começam a surgir! E uma dúvida que recebemos frequentemente é sobre a diferença entre o aquecimento solar e a geração de energia solar fotovoltaica.
Então, vamos lá! O aquecimento solar, como o próprio nome diz, é um sistema que está relacionado ao aquecimento de água ou fluido. Portanto, ele utiliza o sol para aquecer algum fluído, sendo mais conhecido pelo aquecimento de água. E, essa água aquecida é armazenada em um boiler. Essa solução é utilizada tanto em residências quanto em indústrias. Em residências, por exemplo, você utilizará essa água aquecida em chuveiros e torneiras.
O sistema de energia solar fotovoltaico transforma a luz do sol em eletricidade. As placas (ou módulos) desse sistema são compostas por placas de silício, que geram corrente elétrica quando expostas ao sol. Com isso, após a completa instalação do sistema de energia solar fotovoltaico, a energia gerada estará disponível para ser utilizada em residências, comércios ou indústrias. Dessa forma, esse sistema possibilita a redução da conta de luz em até 95%.
No Brasil contamos com alguns incentivos para os consumidores que optam pela geração de energia solar. Por exemplo, a REN 482/2012 prevê o sistema de compensação de energia elétrica, possibilitando que, nos meses que a geração de energia do sistema for superior ao consumo, o excedente seja disponibilizado em forma de crédito de energia. Esse crédito poderá ser utilizado em até 60 meses. O consumidor utiliza esses créditos de energia em outros meses.
Em linhas gerais, a diferença entre aquecimento solar e geração de energia solar é que o primeiro é utilizado para aquecer, e o segundo é utilizado para gerar eletricidade.